Feeds:
Posts
Comentários

O Sesi-SP continua imbatível na Superliga Masculina de Vôlei. Neste sábado, a equipe paulista contou com a inspiração do oposto Wallace e superou a Fátima/Medquímica/Sogipa por 3 sets a 0 (28/26, 25/14 e 25/18), em São Paulo. Com seis vitórias em seis jogos, o time do técnico Giovane Gavio segue como único invicto da competição.

Maior pontuador da partida, com 22 acertos – 19 de ataque, dois de saque e um de bloqueio, Wallace foi eleito o melhor jogador em quadra e recebeu o troféu VivaVôlei. Pelos solgipanos, o ponteiro Clinty foi quem mais marcou: 10 pontos.

A equipe gaúcha continua sua jornada fora de Porto Alegre e nesta quinta-feira reabilitação diante do Londrina/Sercomtel (PR), às 20h30min, no ginásio Moringão, em Londrina. O Sesi-SP, por sua vez, vai a Araçatuba, onde enfrentará o Vôlei Futuro (SP), no Ginásio Plácido Rocha.

06/12/2010 – 18:28:21 – por FS & AI Sogipa


Paulo Gonçalves/Folha da Região – 30/11/2010
Filas durante venda da semana passada

Começa hoje (7) a venda de ingressos para os próximos três jogos que o Vôlei Futuro fará em menos de uma semana no Plácido Rocha pela Superliga masculina.

O torcedor que quiser comprar entradas para as partidas deve comparecer às bilheterias do ginásio de esportes, que vão ficar abertas a partir de hoje, das 8h às 11h e das 17h às 20h. Os ingressos são limitados.

No dia dos jogos, as bilheterias ficarão abertas a partir de 8h, até que se esgotem. Haverá bilheteria exclusiva para os sócios-contribuintes, mais um guichê para uso preferencial de gestantes, idosos e portadores de deficiências.

VALORES
Cada ingresso custa R$ 8 para não associados e R$ 4 para os contribuintes. Há meias entradas (R$ 4 e R$ 2) para ambos. Têm direito a elas estudantes, professores da rede pública estadual e pessoas com mais de 65 anos (aposentados sub-65 não têm direito).

FONTE:
http://www.folhadaregiao.com.br
07/12/2010 - Terça-Feira - 09h27

FERNANDO LEMOS

03/12/2010 – Sexta-Feira – 22h30

FERNANDO LEMOS

Paulo Gonçalves/Folha da Região – 02/12/2010

Cubano foi maior pontuador da partida e atacante mais eficiente de toda a sétima rodada
O treinador Cezar Douglas bem que avisou: “é um jogador diferenciado”. O ponteiro cubano Oreol Camejo arrebentou em sua estreia na Superliga 2010-11, ontem (2), na vitória por 3 a 1 sobre o líder BMG-Montes Claros. As parciais foram de 25-20, 21-25, 25-21 e 25-17, em jogo que durou duas horas e sete minutos e valeu a quebra da invencibilidade do adversário.

Com total de 24 acertos, sendo 17 de ataque e 7 de saque, Camejo foi não só o maior pontuador da partida, mas o atacante mais eficiente de toda a sétima rodada. Assim, foi autêntica barbada na escolha da CBV para o troféu Viva Vôlei, mimo que a confederação distribui ao melhor atleta de todas as partidas.

A atuação de gala do cubano, que em princípio poderia estrear só em janeiro, em função da legislação esportiva de seu país (dois anos de resguardo a partir do desligamento da seleção nacional), já lhe dá, seguramente, a condição de titular do Vôlei Futuro e fará com que Dentinho e Pedro Iznaga, compatriota de Camejo, lutem pela outra vaga de ponteiro.

O time araçatubense folga na oitava rodada, neste fim de semana. A volta à quadra, pela nona rodada, vai ser na quinta-feira que vem (9), dia em que receberá o Sesi, que derrotou na decisão estadual.


 Em grande estilo, o Vôlei Futuro acabou com a invencibilidade do Montes Claros. Com excelente atuação do estreante cubano, Camejo, e atuando em Araçatuba, os donos da casa não deram chances aos visitantes e venceram por 3 sets a 1 (25/20, 21/25, 25/21 e 25/17), em 2h07 de jogo. Camejo anotou 24 pontos, 17 deles de ataque e o restante através do eficiente saque.

Com a derrota, o Montes Claros encerrou sequência de seis vitórias consecutivas. Além de Camejo, que foi o maior pontuador de toda rodada, o Vôlei Fututo contou com grande atuação de Leandro Visotto, que fez 4 pontos de ataque, quatro de bloqueio e dois de saque. Do outro lado da rede, o oposto Leandrão foi quem mais pontuou. Foram 21 acertos, seguido por Bruno Zanuto, com 13 pontos.

O saque foi o diferencial e decidiu a partida. Camejo marcou sete pontos no fundamento em que a equipe paulista pontuou outras seis vezes, totalizando 13 pontos. O BMG/Montes Claros fez apenas três aces. No bloqueio, a equipe paulista também se saiu melhor. Com sete intervenções, contra três dos visitantes.

No próximo sábado, o time mineiro vai à cidade paulista de Campinas, onde será recebido pela Campinas, às 17 horas, no ginásio do Taquaral. Já o Vôlei Futuro voltará à quadra no dia 9. A equipe paulista enfrentará o Sesi-SP, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba.

FONTE:
Redação SRZD | Vôlei | 03/12/2010 09h52
http://www.sidneyrezende.com


Vindo de quatro vitórias, Cruzeiro decide mandar seus dois próximos jogos pela Superliga em Contagem e espera o ginásio cheio em ambos

Para alegria da torcida celeste da Região Metropolitana de Belo Horizonte, o Cruzeiro vai disputar no Ginásio Poliesportivo do Riacho (Rua Rio Paraopeba, 1.200), em Contagem, as duas próximas partidas pela Superliga Masculina de Vôlei. A primeira será na quinta-feira, às 19h30, contra o lanterna, São Caetano. A segunda, no sábado, às 19h, diante do também paulista São Bernardo.

Será a segunda vez que os cruzeirenses atuarão na cidade vizinha pela competição nacional. Em dezembro, pela edição passada, bateram o Santo André por 3 a 0. Normalmente, a equipe do técnico Marcelo Méndez manda seus jogos em Itabira.

“Nossa torcida é muito grande e temos de tentar atender o máximo possível de torcedores. Agora, o pessoal que acompanha a equipe em Belo Horizonte vai poder assistir a esses jogos. E a torcida de Contagem e Betim também. Para nós, é bom jogar um pouco mais perto e espero que lotem o ginásio e nos ajudem a buscar as vitórias”, afirma o ponteiro Samuel.

O ingresso para cada jogo custa R$ 4 (inteira). A venda começa amanhã, das 9h às 18h, nas bilheterias do ginásio e na sede administrativa do Cruzeiro (Rua Timbiras, 2903, Barro Preto).

SEQUÊNCIA Jogando em Contagem, o Cruzeiro tentará engatar sequência de seis triunfos. Depois de estrear com derrota por 3 a 2 para o Sesi-SP, o time fez 3 a 0 no Pinheiros-SP, 3 a 1 no clássico com o Minas, 3 a 0 no Santo André e repetiu o placar contra o Londrina, domingo, no interior paranaense. Com a boa campanha, ocupa a vice-liderança da Superliga, atrás apenas do Montes Claros, seu adversário seguinte aos jogos em casa. O confronto mineiro está marcado para o dia 11, no Norte de estado.

O Montes Claros também volta à quadra na quinta, contra o Vôlei Futuro, em Araçatuba. Já o Minas, que fez 3 a 0 domingo, no Santo André, receberá o São Bernardo, na Arena JK.

Redação – Superesportes
30/11/2010 07:00


30/11/2010 – Terça-Feira – 10h09
// //
JEAN OLIVEIRA
FOTO: Paulo Gonçalves/Folha da Região – 30/11/2010

Centenas de pessoas formaram duas filas na manhã desta terça-feira (30), na porta do Ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba, para comprar ingressos para o jogo do time masculino do Vôlei Futuro.

A partida é contra o Montes Claros, de Minas Gerais, na quinta-feira, às 20h. As bilheterias foram abertas às 8h. O preço do convite é de R$ 8.

Segundo o diretor do Vôlei Futuro, Basílio Torres Neto, 2,5 mil ingressos foram colocados à disposição. A expectativa é a de que todos sejam vendidos ao longo do dia de hoje.

BILHETERIA

O atendimento ao público, no período da manhã, vai se encerrar às 11h. No período da tarde, a venda acontece das 17h às 20h. Se acabarem os convites antes deste período, o atendimento será interrompido.

“A gente aguenta na fila porque é muito gratificante ver este time jogar”, disse o perito contábil Odair Luiz, que chegou ao ginásio às 8h e esperou cerca de uma hora e meia para ser atendido.


Hoje o Vôlei Futuro enfrentou o Sogipa em Porto Alegre mas não conseguiu superar o adversário na Superliga Masculina de Vôlei 2010/2011.

O primeiro set foi do Vôlei Futuro, mas o Sogipa de virada ganhou os outros 2 sets.

No quarto set tivemos a recuperação do Vôlei Futuro que fechou o set em 25 x 18.

O tie-break começou com o Sogipa e o Vôlei Futuro chegou a passar na frente, mas não conseguiu superar o Sogipa que fechou o set por 15 x 12.

Os sets apresentaram os seguintes resultados:

FÁTIMA/MEDQUÍMICA/SOGIPA 3 x 2 VÔLEI FUTURO

23-25

25-21

25-22

18-25

15-12

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 36 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: